Home / Regional / Homem morre ao tentar apartar briga em Arneiroz
Momento em que suspeito do homicídio é detido. Reprodução

Homem morre ao tentar apartar briga em Arneiroz

Uma briga acontecida noite da terça-feira (10), em um bar da vila de Cachoeira de Fora, no município de Arneiroz, acabou na morte do Pedreiro José Arimatéia de Oliveira, 38 anos, que respondia pela alcunha de Zezinho Pedreiro, filho de Antônio Araújo de Oliveira e de Maria Regina de Oliveira. O mesmo era casado e residia no Bairro Meireles em Tauá. Segundo familiares, Zezinho trabalhava durante a semana na Cachoeira de Fora em Arneiroz.

A desavença se deu num bar situado na Rua Joaquim Sabino, às margens da Rodovia estadual CE 176, na citada vila envolvendo três homens identificados por: Antonio Celso, Romário e Willian.

Zezinho que nada tinha a ver com a briga, tentou acalmar os ânimos e foi lesionado à faca por um dos envolvidos no episódio e veio a óbito. O autor das perfurações que ocasionaram a morte do pedreiro foi preso em flagrante por uma composição da Polícia Militar de Arneiroz. O homicida foi identificado como sendo Antônio Celson Gonçalves de Oliveira, 32 anos.

Zezinho foi atingido com três perfurações sendo duas no tórax e outra no braço direito. Ele ainda foi socorrido com vida para o Hospital Municipal de Arneiroz e em seguida transferido para Tauá, más não resistiu, faleceu quando estava sendo preparada a transferência para o IJF em Fortaleza.

O Rabecão do IML de Tauá foi acionada o conduziu o corpo para o Núcleo de Perícia Forense dos Inhamuns.

Repórter: Lindon Johnson

Comente com o Facebook