Home / Destaques / Campus de Crateús aprova 21 projetos de pesquisa em 2017
Pesquisa sobre produção de mel de abelha Parte dos projetos foca potencial da região para o desenvolvimento

Campus de Crateús aprova 21 projetos de pesquisa em 2017

Pesquisa sobre produção de mel de abelha
Parte dos projetos foca potencial da região para o desenvolvimento

O campus de Crateús aprovou 21 projetos, do total de 23 submetidos, em editais na área de pesquisa neste ano. As iniciativas foram selecionadas pelos programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic e Pibic Jr) e Programa de Infraestrutura (Proinfra), numa parceria entre o IFCE, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap).

Desses projetos aprovados, 14 já foram contemplados com bolsas de pesquisa, enquanto 7 aguardam recursos das agências de fomento. Com esse número de submissões, Crateús figura na 14ª posição de um total de 26 campi que submeteram projetos aos editais.

Alguns desses projetos se referem diretamente a demandas produtivas da região, a exemplo dos projetos “Caracterização físico-química de méis de abelhas africanizadas oriundos da região do Sertão de Crateús”. Na avaliação do professor Vilmar de Souza, coordenador de pesquisa do campus, dessa forma, “o IFCE provê essa região com informações seguras sobre esses temas e contribui para o convívio sustentável com o semiárido cearense”.

Outro aspecto relevante, segundo o professor Vilmar, é a contribuição desses projetos à diminuição da evasão escolar. “Ao incluir esses bolsistas como pesquisadores, estamos não apenas formando mão de obra qualificada, mas também contribuindo para que esses alunos permaneçam na Instituição”, destaca.

Confira a relação dos projetos contemplados com bolsas de pesquisa (PDF)

Elinaldo Rodrigues – Campus de Crateús

Comente com o Facebook