Início / Destaques / Ônibus que faz linha Ceará a São Paulo tomba no Piauí

Ônibus que faz linha Ceará a São Paulo tomba no Piauí

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou ao Cidadeverde.com que subiu para dez o número de mortos no trágico acidente envolvendo um ônibus de turismo, na BR-135, próximo ao municípo de Redenção de Gurgueia. A informação é de que havia 31 passageiros no veículo, sendo dois motoristas. 18 passageiros ficaram feridos e três saíram ilesos do acidente.

Até o momento não há informações sobre a identidade das vítimas. Os documentos encontrados no veículo estão sendo analisados para possível identificação. Uma funcionária da empresa está ajudando a PRF.

Alguns passageiros feridos estão em atendimento nos hospitais de Bom Jesus e outros foram transferidos para Floriano e Teresina. Inicialmente, alguns passageiros foram levados para o hospital de  Redenção de Gurgueia, onde receberam os primeiros-socorros.

A PRF também informou que os corpos das vítimas que faceleram estão no Hospital de Bom Jesus, aguardando reconhecimento de familiares.

O ônibus saiu de Boa Viagem, no Ceará, com destino a São Paulo, quando sobrou em uma curva na altura dos povoados Paus e Estiva e tombou.

O veículo tinha liminar que autorizada o transporte interestadual; anteriormente havia suspeita do transporte ser clandestino.

Sobre as causas do acidente, a PRF ressaltou que existe um “desnível da pista de rolamento para o acostamento que, dentre outros fatores, pode ter contribuído para o acidente”. O desnível tem altura de aproximadamente 20 centímetros. O motorista perdeu o controle da direção no final de uma curva fechada em declive, bateu no guard rail (defensa) e tombou.

 

Atualizada às 14h20

O diretor do hospital de Bom Jesus, Helder Menezes, disse que aproximadamente 15 passageiros feridos foram levados para a unidade de saúde. Desses, três vão ser transferidos para o hospital em Floriano e uma para Teresina.

Os feridos sofreram diversas fraturas e alguns chegaram a ter membros amputados. Ele lamentou o ocorrido e disse que a BR-135 já fez muitas vítimas e, infelizmente, está sendo comum as ocorrências com acidentes neste trecho.

Atualizada às 11h11

O prefeito de Redenção do Gurgueia, Ângelo Sena, informou que oito pessoas foram atendidas no hospital da cidade, uma delas teve a perna amputada e uma mulher de 60 anos com traumas na cabeça e no tórax não resistiu aos ferimentos e morreu. O acidente aconteceu neste sábado (17) no povoado Paus em Monte Alegre, há cerca de 15 quilômetros de Redenção. Nove pessoas morreram no local e em atendimento médico.

Segundo relatos de passageiros, a grade de proteção da curva entrou no ônibus, na hora do tombamento, o que contribuiu para agravar o estado das vítimas.

“Pelos relatos dos pacientes, que estão em situação estável, o local do acidente foi numa curva perigosa, cerca de 15 quilômetros de Redenção, onde está ocorrendo vários acidentes. Alguns pacientes disseram que o ônibus foi desviar de uma carreta, virou e bateu na proteção da curva que entrou no ônibus cortando as pessoas”, detalhou o prefeito que também é médico e ajudou no socorro às vítimas.

BR-135 virou a rodovia da morte

O prefeito de Redenção junto com o prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas, e outros gestores do Sul do Estado estão intensificando o pedido de alargamento da BR-135 para evitar que outras tragédias ocorram. Segundo o prefeito, há trechos que possuem apenas de quatro a cinco metros o que é muito estreito para qualquer possível manobra. O seguro seria em torno de 7 metros de largura. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já apontou falhas e pediu uma intervenção urgente. Entre as falhas estão à falta de acostamento e o desnível entre a pista de rolamento e o acostamento. Mais de 40 pessoas já morreram somente este ano.

Atualizada às 10h50

Um ônibus de turismo, supostamente clandestino, virou na BR-135 próximo a Redenção do Gurgueia (a 691 km de Teresina) por volta das 6h30 deste sábado(17). Até o momento oito pessoas morreram no local e uma morreu no hospital, e dezenas foram encaminhadas a hospitais de Redenção e Bom Jesus. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o acidente foi do tipo saída de pista na localidade Paus, município de Monte Alegre.

De acordo com o secretário de Saúde de Redenção, Edizon Ribeiro, o ônibus de origem no Ceará tinha destino a São Paulo, quando sobrou em uma curva na altura dos povoados Paus e Estiva e tombou.

Ele disse que no hospital de Redenção tem nove pessoas sendo atendidas no momento, sendo duas crianças, que estão bem. “Mas há pessoas muito graves que tiveram os membros inferiores amputados e outros mais graves ainda que foram para Bom Jesus”, acrescentou Edizon.

O acidente aconteceu a cerca de nove quilômetros da zona urbana de Redenção. Policiais Rodoviários Federais de Bom Jesus fazem o atendimento no local.

Ambulâncias do Samu de Bom Jesus, Monte Alegre, Redenção e Gilbués fazem atendimento às vítimas.

O prefeito de Redenção, Ângelo Sena, o dr. Macaxeira, que é médico, está ajudando no socorro às vítimas no hospital da cidade. O prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas, também acompanha os feridos.

A PRF informou que o acidente aconteceu a 150 quilômetros do posto, fez múltiplas vítimas e que ainda está em atendimento.

2º acidente trágico no mês

Este é o segundo acidente grave em menos de uma semana na mesma região da BR-135, que matou seis pessoas.  Uma caminhonete S-10, cor branca, de placa OKT-7185, e um automóvel, Mercedes Classe A, cor cinza, se envolveram no acidente que deixou ainda pelo menos duas pessoas feridas, sendo uma criança de 4 anos.

A PRF havia contabilizado até o dia 15/06, 103 mortes nas rodovias federais que cortam o Piauí e nesta operação Corpus Cristhi que iniciou na última quarta(14), não tinha registrado, até a manhã de hoje, nenhuma morte. A BR-135 é conhecida como “rodovia da morte” e foi a que mais matou neste ano no Piauí.

 

Fonte: cidade verde

Comente com o Facebook

Veja também

Polícia prende suspeitos de assalto em Crateús

Uma operação policial comandada pela delegada regional, Anna Scott, com policiamento do RAIO, culminou na …