quinta-feira , 19 janeiro 2017

Início / Regional / Idoso tem cabeça e órgão genital decepados em Tauá

Idoso tem cabeça e órgão genital decepados em Tauá

sem-titulo

Já está elucidado o crime bárbaro acontecido na última sexta-feira (06), na localidade de Sítio Bálsamo, na Serra de São de Domingos, distante 50 Km da sede de Tauá, que teve como vítima, o idoso Anastácio Ângelo Saraiva, 75 anos, aposentado, natural de Boa Viagem, filho de João Ângelo Lopes e Maria Saraiva dos Santos, residente no citado Sítio.

O crime causou revolta a população dada à forma cruel como a vítima foi executada. Segundo o delegado Gisleian Lima, Titular da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, encarregado de investigar o caso, os acusados já estão presos e as armas usadas na execução apreendidas.

O crime

Segundo o Delegado o crime foi premeditado, pois os acusados que ingeriam bebida alcoólica em companhia do idoso, trataram de embriaga-lo e o golpearam com um machado, deixando o mesmo inconsciente, para depois transportá-lo de motocicleta até o local onde trataram de terminar o serviço, decepando a cabeça e o órgão genital da vítima.

Os acusados do crime foram presos na manhã deste sábado (07), por uma composição da Polícia Militar, que ao tomar conhecimento do ocorrido se dirigiu ao local, e fez a prisão dos irmãos Joaquim Júnior Pedrosa, e Francisco Nivando Pedrosa Araújo, naturais de Tauá, de 37 e 39 anos respectivamente, moradores do mesmo local onde o crime aconteceu.

Desaparecido

A vítima estava desaparecida desde as 10 horas da última sexta-feira (06), e segundo moradores do sítio onde e mesmo também morava, a última vez que Anastácio foi visto, estava bebericando em companhia dos irmãos Júnior e Nivando, que logo passaram a ser os principais suspeitos do crime, o que acabou se confirmando durante as investigações.

Segundo o sargento Rezende, que juntamente com os cabos Eronaldo e Lima, atenderam a ocorrência, havia uma revolta muita grande dos moradores do lugar, que ao tomar conhecimento da prisão dos acusados, queriam linchá-los, mas desistiram da ação graças à intervenção da Polícia.

De princípio os irmãos Júnior e Nivando, negaram a participação na morte do aposentado, mas logo depois ao serem reconduzidos ao local onde o corpo da vítima foi encontrado, resolveram confessar o crime, e indicaram o local onde as armas estavam escondidas, um machado e uma faca do tipo peixeira, e uma segunda faca, essa de propriedade de vítima.A Motocicleta que eles usaram para transportar o corpo da vítima também foi apreendida e tem marcas de sangue.

Motivação

Em depoimento ao delegado Gisleian Lima, os irmãos Júnior e Nivando, disseram que resolveram matar o idoso, porque estavam sendo acusados pelo mesmo, de roubo de criações.

O corpo do aposentado se encontra no IML, enquanto os dois acusados estão presos em um dos xadrezes da 14ª Delegacia, e serão mandados para Cadeia Pública de Tauá, onde irão responder por homicídio qualificado, Artigo 121, parágrafo 2º, incisos 3 e 4 do CPB.

Repórter: Lindon Johnson

Comente com o Facebook

Veja também

Apresentador-da-Record-e-Ludmilla

Apresentador da Record TV chama, ao vivo, a cantora Ludmilla de “macaca”

Marcão, que comanda o ‘Balanço Geral’ em Brasília, fez o comentário durante o quadro ‘A …

Deixe uma resposta