Início / Coluna Gente da Gente / Cearense de Crateús se torna jornalista de sucesso no estado do Mato Grosso

Cearense de Crateús se torna jornalista de sucesso no estado do Mato Grosso

luana
Luana: “Fazer o que gosta e ter estabilidade são sonhos de quem luta por um futuro profissional.” – Divulgação

O município de Crateús é considerado uma das cidades onde mais são revelados profissionais da comunicação, tanto de rádio quanto de televisão, e web-comunicadores. Muitos deles, para realizar o sonho de ser comunicador e ter profissionalismo reconhecido, tem de ir para outras cidades e até estados, devido a poucas oportunidades que Crateús oferta. Crateús tem filhos que são conhecidos em todo o estado, por exemplo o caso do comunicador Irismar França, que é apresentador de TV em Fortaleza, mas também tem filhos que são sucesso em outro estado, como é o caso da Jornalista Luana Rodrigues, que tem uma larga experiência em rádio, TV, internet e jornais impressos, se tornando em uma das mais importantes jornalistas do estado do Mato Grosso, região centro-oeste do país.

Luana Rodrigues foi entrevistada pelo repórter Nathan Loyola do Site Sertões de Crateús, e dá detalhes de como se tornou jornalista de sucesso, em outro estado, confira:

Quantos anos você tem de carreira?

9 anos

Há quantos anos saiu de Crateús?

12 anos

Por que quis fazer jornalismo?

Fazer o que gosta e ter estabilidade são sonhos de quem luta por um futuro profissional. No entanto, a caminhada para esta realização nem sempre é fácil e exige força de vontade e, acima de tudo, perseverança. Uma nova oportunidade traz consigo o medo de enfrentar o novo, bem como das dificuldades que ela pode trazer, mas é necessário esforço e coragem.

Antes de iniciar a carreira já existia em mim o desejo de conhecer o “quarto poder”. Ao ingressar na universidade tão logo tive a oportunidade de aplicar o aprendizado teórico na prática. Fui recebida no Jornal Agora (de Itabuna, na Bahia) em abril de 2007 e lá iniciei minha carreira como estagiária. Na época, o medo do novo bateu e foi forte. Mas para perdê-lo me esforcei (e ainda o faço) para aperfeiçoar os meus textos (e isso é um processo contínuo e interminável).

Após ter o contrato te estagiário finalizado, fui contratada como repórter pelo Jornal Agora, onde trabalhei em diversas editorias, como política, economia, esportes, segurança pública e ainda conheci o lado lúdico da produção jornalística ao escrever um caderno de cultura e lazer. Em 2010, deparei-me com o temeroso desafio de ser editora-chefe.

Onde e em quais veículo você já trabalhou?

Jornal Agora, de Itabuna (BA), onde trabalhei de 2007 a 2012; Correio do Dia, de Sorriso (MT), de 2012 a 2014; Record de Sorriso (MT), de 2014 até o momento. Esses foram os principais veículos, mas paralelamente fiz assessorias de comunicação para diversas empresas, a exemplo da Geokinetics, Petrobras, Associação das Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia, dentre outras.

Porque foi parar no Mato Grosso?

Recebi uma proposta para trabalhar no jornal impresso Correio do Dia, em 2012, e resolvi largar o meu trabalho e todos os projetos que tinha em Itabuna (BA) para ir à cidade de Sorriso (MT), pois era este o município que o meu marido passaria a trabalhar. Atualmente, resido em Cuiabá (MT).

Em quais veículos você trabalha agora?

Sou jornalista correspondente no site da Record de Sorriso, no Portal Sorriso MT e correspondente na rádio Jovem FM. Também faço freelancer em alguns jornais e agências.

Qual tipo de matéria você mais gosta?

Matérias interpretativas que insiram múltiplas fontes e propiciem ao leitor ter uma visão ampla do assunto escrito, especialmente de cunho econômico e político.

Você pretende atuar em algum veículo no futuro?

Pretendo seguir como jornalista de veículos onlines e também atuar como docente.

Pretende voltar para Crateús?

Sim. Tenho um interesse enorme de voltar à minha cidade natal. Só ainda não o fiz porque o mercado de trabalho para jornalistas segue restrito. Mas penso em retornar a Crateús mesmo que eu decida, quiçá, mudar a área de atuação. Só não tenho um prazo estabelecido.

Aproveito o ensejo para agradecer o convite de conceder uma entrevista ao site Sertões de Crateús, do nobre colega Nathan. Tive uma surpresa imensuravelmente feliz ao conhecer este veículo de comunicação vanguardista em minha cidade natal, pois trata-se de um site completo, imparcial e com um papel decisivo de influenciar de forma positiva nos debates sobre o cenário atual, bem como de construir ou desconstruir movimentos, seja para legitimar ou questionar fatos. Sei que este site já se configura como o principal veículo da cidade e fico feliz por acompanhar as notícias da minha cidade natal por meio de um site sério e com credibilidade.

Comente com o Facebook

Veja também

Polícia prende suspeitos de assalto em Crateús

Uma operação policial comandada pela delegada regional, Anna Scott, com policiamento do RAIO, culminou na …